24 de dez de 2012

Feliz Natal

Amigos, nesse Natal aproveitem para contemplar a si mesmos. Percebam quanta riqueza e beleza trouxeram para o mundo. O amor puro existe dentro de todos nós e quando nos conectamos com essa essência divina, reconhecemos o amor em todas as coisas e pessoas!!!!! Feliz Natal: Miliane Tahira, Tassio Revelat, Inana e Luã.







23 de dez de 2012

Fotos - Ancestralidade e Dança do ventre: Parte 1 - Elementos ancestrais: A terra

Lindíssima em sua performance, Thais Neves, aluna de Miliane Tahira, interpreta o elemento terra.

As quatro primeiras fotos são de Juliana Maia e as seis últimas de May Rovah.










22 de dez de 2012

Parte 1; Elementos ancestrais - O ar

Acompanhem as fotos do elemento ar, por meio da bela coreografia da professora Sandra Nascimento, dançada por ela e suas alunas: Danila e Márcia.
 Assinam pelas 11 primeiras fotos: May Rovah e as restantes são de Juliana Maia.





















20 de dez de 2012

Fotos do evento ancestralidade - parte 1: Apresentação Monográfica de Sandra Nascimento

Sandra Nascimento apresenta sua monografia de conclusão de curso de Professoras pelo método Tarhira de Ensino e aprendizagem em dança do ventre. Confira as fotos:

fotos de may Rovah,









19 de dez de 2012

Poesia de Tássio Revelat em homenagem aos alunos da UPT

Dedico esse meu poema aos meus alunos do Universidade Para Todos. Finalizamos com muita emoção e troca de ideias o curso.

O fim sempre é um começo.
E o (re)começo guarda sorrisos que partilham sonhos e vozes – canções da alma- que par...tilham ideias...
Essa é a dança da vida que reserva sempre surpresas e milagres.
No (UNI- VERSO) da sala de aula... amizades foram formadas e NOS reconhecemos no OUTRO, pois outro espelha também as nossa lições diárias.
Em nosso corpo-vida-mundo escrevemos a cada momento o poema do nosso destino, mas sempre com ajuda do ombro amigo, aquele que deseja a nossa felicidade
A universidade é o caminho da felicidade? Essa profissão atenderá os anseios do meu coração?
Será que dá para conciliar o trabalho com o estudo?
Decisão. Medo. Solidariedade. Compaixão
Sentimentos são transmitidos no silêncio poético do gesto e na fala silenciosa dos olhares.
A vida é uma tela de arte cuja beleza reside na alma.
Portanto, meus alunos do Universidade Para Todos, vocês nasceram para brilhar.
 
Prof- Tássio Revelat

16 de dez de 2012

Depoimento de Cristina Gil Santana

Depoimento de aluna: 
 
 Cristina Gil Santana   
 
( depoimento conferido em 2012 - Fonte: Yahoo)
 
(...) Milli!

Imensa gratidão a você pelo seu carinho, amorosidade, docura e todas as coisas boas  e belas que você oferece às pessoas, contribuindo para a melhoria do mundo. Todas as suas conquistas são frutos dessa sua escolha de vida simples e consciente e portanto, mais do que merecidamente, que você e sua família sejam sempre muitos felizes, crescendo em harmonia, amor, paz e muita luz.

Beijos com carinho,
Cris

14 de dez de 2012

Dançarinos Prisioneiros

Dançarinos Prisioneiros


Famosos no mundo inteiro por suas coreografias, os presos dançarinos do presídio filipino de Cebu, nas Filipinas, quebraram um novo recorde ao interpretarem um dos números de dança de "This Is It",o documentário que homenageia Michael Jackson.
Desta vez, 1.500 detentos vestidos com seus macacões laranja e seus chinelos gastos de borracha encarnam em carne e osso o Exército computadorizado que acompanha o rei do pop em "The Drill", o número especial da música "They Don't Care About Us".
A coreografia, que termina com os internos fazendo um sinal de paz gigante em homenagem ao artista no pátio do presídio, foi incluída nos extras do DVD, lançado em janeiro.
No começo do ano, o próprio coreógrafo de Michael, Travis Payne, viajou para as Filipinas para comandar os ensaios, realizados sob máximo sigilo para evitar vazamentos.
Payne voltou aos Estados Unidos encantado com a atuação, que os presos aprenderam sem problemas em apenas dois dias. Uma prévia oficial do número foi postada no YouTube e foi assistida por quase 16 milhões de internautas em apenas seis semanas.
A internet foi justamente o trampolim para a fama dos presos filipinos, que em 2007 ficaram conhecidos em todo o mundo com sua recriação da coreografia de "Thriller", de 1982.
O clipe provocou uma avalanche de repórteres e turistas ao presídio, antes conhecido apenas pela violência das quadrilhas que atuavam dentro de seus muros.
Entretanto, graças à nova fama dos presos, a prisão recebe cada vez mais doações para modernizar suas instalações, onde uma vez ao mês há um show cujos protagonistas são aplaudidos por seus admiradores como se fossem autênticas estrelas do rock.
O responsável pela transformação é o chefe do presídio, Byron Garcia, que teve a ideia de fazer os presos marcharem ao som de "Another Brick In The Wall", do Pink Floyd. "Em princípio, era um experimento, algo que queria provar em relação à reabilitação dos internos", conta Garcia à Agência Efe.
Segundo ele, a dança é uma maneira de manter a política de "disciplina com compaixão" sobre os detentos, que participam de maneira voluntária desta particular companhia de dança quando se arrependem de seus crimes "e aprendem a se comportar".
"Usando a música, pode envolver o corpo e a mente. Os prisioneiros têm que contar, memorizar passos e seguir a música", disse Garcia à BBC.
"Os prisioneiros me diziam: "Preciso colocar a mente longe da vingança, da loucura ou de planos para escapar da prisão ou juntar-se a uma gangue'", acrescentou Garcia. Que completa: "O programa de dança deu autoestima a eles".
A dança é obrigatória para todos os 1,6 mil detidos na prisão de Cebu, exceto para os idosos e doentes.
Poderiam fazer isso no Brasil