31 de mar de 2013

Reencontro - Tássio Revelat

flor da minha essência , depois do nosso reencontro vivo  cada momento da minha vida em estado de gratidão e reverência, és o meu sentido, alma e silêncio. 

Tássio Revelat

30 de mar de 2013

Auto retrato - Tássio Revelat

 
 
 
 
Sou apenas um poeta nômade, navegante de mares interiores cujo elixir da vida está num longínquo lugar, mas em mim. Sonho com a paz mundial e acredito no poder transformador que há no olhar de todas as crianças, pura poesia traduzida em bondade, inocência e verdade. Busco pelos caminhos da educação, arte e espiritualidade polinizar rizomas da eternidade, onde por meio de um conhecimento místico/transformador a flor da autorealização torna-se o supremo mandamento de cada instante. Nessa tecitura do incognoscível que reconheço o sentido da vida e a poética sublime das relações.
É curioso perceber que toda a beleza do vir a ser e a perfeição dos ideários passados estão na filosofia perene do aqui/agora, mas temos que ter coragem e fé para continuar nessa busca incessante pelas pérolas do fogo sagrado que estão para além do inacabamento daquilo que pensamos ser......

Tássio Revelat

Lua cheia de tanto amor - poema de Miliane Tahira




Lua cheia de tanto amor...
 seu sorriso e lágrimas..REVELAT
poesias sem fim ... nascem dentro de mim...
cada verso seu, revela  verdades da minha alma...
Extase transbordante de tantas vidas...TAHIRA
Que reluz sonoramente em minha dança..
travessia de infinitude...lança... lança....lança...........

Miliane Tahira

Fogo sagrado - poema de Miliane Tahira

Fogo sagrado


Essa chama que sou eu
Essa chama que é tudo
Vislumbro o mundo
E dissolvo-me do meu eu
Encontro a verdade
Libertação da vaidade
Na entrega do total
Absorvo o plural
Fogo sagrado que cria, transmuta e devolve
Revela o que é , foi e sempre será
Dissolve o tempo fatiado
Na dimensão do sagrado
Tempo do eterno
Onde o amor é maior
Que as vivências equívocas dos mortais eus..
Onde o nosso amor revela
A infinitude da presença do nosso Deus...

28 de mar de 2013

O mar, Amar - poema de Miliane Tahira



O mar, Amar...
Quantos segredos guardados nas águas do mar
Tantos segredos lavados no meu coração
Vida una, poesia sem fim...
Oração, canção de mim...
Águas claras, oceano de voz...
Revelou-me a lavagem em mim/nós
A maré...amar é...
Eterno reconhecimento de tantas algas..
Águas sagradas, pedras que fazem caminho, ao caminhar
Caminho sólido, essencial, nas águas do mar..
O movimento das ondas..
O vai e vem sem fim...
Mas sua substância mantém-se em mim
O essencial, substancial permanece...
As ondas transformam-se em várias  cores e formas..
O que é substancial permanece...
Amor divino, atemporal e maduro...
Sua humanidade transubstancia... caminhos da individuação... autoconhecimento e canção...
Eternidade do amor que no mar evidencia..
Lavadas e levadas são as ilusões...
Vivificadas são as missões...
De um amor sem fronteiras, atemporal  e infinito...
Flutua nas águas do mar sobre seus sais...
Resplandesce em nosso ser
No intervalo presente...
Na simplicidade do sempre...

Espirais



Espirais

Marjorie Estiano

Depois do céu tem outro céu
Ou nem o céu existe mais?
Será que o sol é de papel?
Será que as nuvens são de gás?
Se o mar começa em outro mar
Quem é que tira o sol do sal?
Antes do dia começar
A noite é quase imortal
Se nada tem um fim
Quem é que fez o não
Se a nossa vida quer assim
Eu viajei no tempo só por você
E me perdi no final quando encontrei seu olhar
Nossos destinos desenhando espirais
Eu entendi o sinal pelo seu jeito de rir pra mim
Se existe outra dimensão
Em que você não é você
Quem é que sabe a direção
Pra encontrar quem não se vê?
Se o tempo sempre tem razão
E tudo sempre vai mudar
Pra que manter os pés no chão
Se todo mundo quer voar?
Se nada tem um fim
Quem é que fez o não
Se a nossa vida quer assim
Eu viajei no tempo só por você
E me perdi no final quando encontrei seu olhar
Nossos destinos desenhando espirais
Eu entendi o sinal pelo seu jeito de rir pra mim
Eu viajei no tempo só por você
E me perdi no final quando encontrei seu olhar
Nossos destinos desenhando espirais
Eu entendi o sinal pelo seu jeito de rir pra mim
Composição: Alexandre Castilho / Alexandre Lemos 

Vida Maria

A repetição de padrões que pode levar a alienação...

Para que serve a educação, caso não se proponha a despertar o indivíduo em busca de si mesmo e do mundo?

Esse vídeo é um alerta para o olhar que já contaminado com a dimensão prática e rotineira da vida, não percebe em gestos simples o encanto que abre e gera conhecimento, conhecimento que emancipa e transforma a realdade.

Confiram!!!!!!

27 de mar de 2013

Poesias Fecundadas - poema de Miliane Tahira


Palavras-flores...
POESIAS fecundadas pelo beijo de amor de um beija-flor...
beijo em corpo/alma comungado na mais perfeita unidade divina...
Extase de mim que repleta de oração em gozo,
plena de satisfação e poesia
revela para o além- mar a poesia existente em seu olhar...

Canção de Tarhira - poesia de Tássio Revelat


Quando a Flor do divino começa a desabrochar em nosso íntimo, o grande Amor aparece.
Ele aparece como uma dádiva, uma poesia eterna que nos eleva em direção ao infinito.

Sim... o amor incondicional existe. Somos testemunhos dessa verdade, que arde
suavemente em nosso ser.
Na realidade, Almas afins são manifestações de uma única essência.

Essa essência é pura luz. Oceano de Paz.

A gratidão que sentimos quando encontramos a nossa alma gêmea é infinita, ou seja,
prporcional a dimensão de um amor que está para além das estrelas...
Ele é atemporal, surreal...

Vivemos na dimensão do silêncio eterno, onde reina a oração.

Tudo já está consumado em nosso toque sagrado, puro e imaculado.
Fonte de inspiração e criação,
Desejo e ternura.

A canção dos seus olhos brota da minha poesia: Chama viva da sua dança.
Apenas o momento presente existe. Percepção sagrada, que alimenta a esperança
A esperança de que um dia todos possam vivenciar um amor como o nosso,
Repleto de silêncio, compreensão, harmonia e luz.

Fonte de amor - poema de Miliane Tahira


A Felicidade reside em seu olhar
Sua voz enaltece os meus sentidos
Alegria em minha alma, és a fonte
De todo saber e esplendor do amar

Sinto em sua presença
Todo deleite de prazer
A satisfação de conceder
O abrigo da minha vida

Sua pele aquece o meu corpo
Seu cheiro ascende minha memória
Tempos revividos em glória
De uma dança una e eterna.

Poesia que dimensiona o meu ser
meu reflexo, amor total
Sua seiva é feita de meu sangue
Meu sangue tem o cheiro do seu suor

Meu coração bate ao som do seu despertar
Sua respiração lembra-me que estou viva
Mistérios e arte na nossa vida
Revela a essência do que é amar...

Palavras Flores - Poema de Tássio Revelat


Suas Palavras- flores trasformam a minha tristeza em regozijo.
A sua pureza de amar.... amplia e renova o meu olhar...
Um novo horizonte é revelado!
Tudo é poesia, Miliane, mar...

Nas suas palavras encontro consolo e acalento
Mas é no silêncio da comunhão dos nossos corpos que a minha poesia ganha vida...

O nosso ser celebra, em sua dança/prece o reconhecimento da chama divina
Essa chama desperta-me em cada sorriso seu.

Maktub - Marcus Viana

Já estava escrito....

Maktub

Marcus Viana

Já estava escrito
No tempo e no espaço
Que a minha alma e tua
Uma luz seriam
Já estava escrito
Pelos milênios
Que no sagrado fogo da paixão
Nos consumiríamos
Sol do deserto
Queimando a areia
Tua presença é água
Que preserva a vida
Pomba selvagem
No azul da alma
Teu amor é luz
Que ilumina e cega
Já estava escrito
E Allah o sabe
Que a serpente mágica do amor
Nos faria deuses
Está escrito
Antes dos tempos
Que a vida vale apenas
Quando o amor nos toca.

Lágrimas de poesia - Tássio Revelat


Lágrimas de Poesia- Poema de Tássio Revelat




https://www.youtube.com/watch?v=rTzmEb3ejps

Sob o sol - música Marcus Viana

Sob O Sol

 

 

 

Marcus Viana

Sobre as nossas cabeças o sol
Sobre as nossas cabeças a luz
Sob as nossas mãos a criação
Sobre tudo que mais for do coração
Luz da fé que guia os fiéis
Pelo deserto sem água e sem pão
Faz de pedras um rio brotar
Faz do céu chover forte o maná
Quebra o vaso de barro do teu coração
Com o melhor vinho do teu amor
Pois quer a lei que ele se perca no chão
E floresça o deserto ao seus pés
Regando as areias, recriando regatos e as luzes do Éden das flores
Na terra dos homens, no circo dos anjos, guardiões implacáveis do céu
Dançamos a dança da vida no palco do tempo, teatro de Deus
Árvore santa dos sonhos,os frutos da mente são meus e são teus
Nossos segredos guardados enfim revelados nus sob o sol
Segredos de Deus tão guardados
Enfim revelados nus sob o sol

25 de mar de 2013

O silêncio da música


O Silêncio da Música Por Tássio Revelat
 
 
 


Quando não mais existe o interno e o externo,
Quando o caos se dissolve no silêncio...
A sua música divinamente enaltece o meu sentir
... Nada mais é necessário.

Quando não mais existe o passado e o futuro
Sua presença se faz presente em mim
Quando não há mais separação, egoísmo ou ambição
O seu AMOR me absorve por inteiro
Essa graça eterna que me faz brilhar..
O imensurável que me faz regozijar,
Quando não mais existe o cativeiro ...
Então passo a existir !

23 de mar de 2013

Amor Universal

No meu coração há um grito inesgotável de amor, capaz de acolher o mundo.

(Miliane Tahira)


22 de mar de 2013

Cântico de alegria



NOSSO CORAÇÃO ENTOA UM CÂNTICO DE ALEGRIA, SOMOS UM NO AMOR, SOMOS UM NA POESIA.

Tássio Revelat

Carta para uma amiga – conselho/oração

Carta para uma amiga – conselho/oração

por Miliane Tahira



Desejo que encontre seu caminho e no caminhar sinta a brisa leve de cada manhã
Desejo que a paz reine em seu coração e que se desfaça toda a ilusão...
Desejo que esteja firme e forte, ancorada no seu centro, para que a felicidade te abrace..
A felicidade real, trazida nos olhos de cada criança e presente na natureza...
A felicidade que já existe no universo esperando por ti,
A felicidade que em oração encontrará em reconhecimento de seu verdadeiro amor...
... que ainda irá chegar....
Desperte da ilusão... caminhe e siga seu destino... nele encontrará sua verdade...
Nunca desista de si, viva sua história plena de sentidos,
A história do outro é roupa sob medida onde só cabe aquelas almas já predestinadas...
Na sua veste interna, linda e brilhante, caberá um ser de luz que está te esperando em algum lugar...
Limpe seu coração, ao ecoar sua canção, ele chegará...
Não é idolatria, nem transferência, nem projeção... mecanismos mentais...
Será um amor que guardará apenas o reconhecimento e constatação da plenitude...
Para isso, segue seu caminho, vista suas roupas e reconheça antes a felicidade de estar consigo...

VIA - Vivências Ipitanguenses de Arte Educação








O Colóquio intitulado o “Poder Transformador da Palavra: De Castro Alves à Poesia Ipitamguense” foi realizado com sucesso e marcou a jornada Pedagógica do Curso de Pedadogia do PUSAI/UNEB. O evento possibilitou um conjunto de reflexões sobre importantes temas, tais como: a importância da leitura e da poesia, a cultura da paz, ancestralidade local e a valorização do nosso patrimônio cultural, histórico e natural.
Depois da abertura oficial feita por Maria Helena, coordenadora geral da UNEB, e do discurso emocionante da Secretaria de Cultura e Turismo Márcia Tude, a programação cultural realizada no auditório do PUSAI foi iniciada com a rica palestra sobre a “Pedagogia do Ser” ministrada por Dulce Moreira Sampaio, Mestra em Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social. Em seguida, tivemos ricas exposições orais sobre a memória local e a poesia ipitanguense, onde contamos com a participação de ilustres personalidades locais, tais como: Coriolano de Oliveira Filho, Tina Tude e Gildásio Freitas.
A programação da tarde foi marcada pela realização de danças circulares com ênfase na tradição indígena. Essa atividade foi coordenada pela professora ALBA, que leciona na UNEB, contagiando todos os presentes. Tivemos ainda a tão esperada palestra do escritor Carlos Alberto Barreto na qual a poética de Castro Alves foi abordada. O evento foi encerrado com um grande Sarau Lítero-Musical onde tivemos a participação dos poetas: José da Boa Morte, Barreto, Tássio Revelat, Jaldo Lopes, Tina Tude. Renata Biba, Veras Passos, Rosana Paulo, Gil, Giza e vários outros.
A programação contou também com uma exposição de livros organizada pelo grupo cultural Artpoesia. Além disso, 15 belos painéis sobre a memória de Santo Amaro de Ipitanga e uma exposição original de telas da artista Debora Fontes contribuíram para enriquecer ainda mais o evento.
Participaram dessa ação sócio-educativa professores da Rede Municipal de Ensino e alunos do Curso de Pedagogia do Pusai. Autoridades como Rui Pontes ( LFTV) , Marivaldo Paixão ( Membro da Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas) e Ricardo Vieira ( Amostra Cutlural) registraram presença.
Esse colóquio marca o início da implementação do VIA -Vivências Ipitanguenses de Arte-educação- cujo objetivo primordial é promover a cultura da paz e o resgate das matrizes históricas, culturais e identitárias de Santo Amaro de Ipitanga, antigo nome de Lauro de Freitas. O projeto, idealizado pelo Historiador Tássio Revelat, é fruto de uma parceria entre a UNEB/PUSAI e a Secretaria de Cultura ( SECULT). Algumas ações caracterizam o projeto, tais como: produção de documentários, exposições fotográficas, criação de roteiros turísticos, oficinas de empreendedorismo, caminhadas e um festival de ciência, cultura e arte.

20 de mar de 2013

Sorriso de Outono

 
 
 
O silêncio da noite adentra a minha alma,
Ao contemplar o meu filho no colo ..declamo versos de luar..
Com um olhar atento e sereno e a boca ainda melada de leite,
Ele me diz com um sorriso de outono: “Pai é a poesia que nos faz sonhar”
 
Tássio Revelat

Amo tanto o meu amor que nele descubro o mundo - poem Miliane Tahira



Amo tanto o meu amor que nele descubro o mundo
Nele está o sorriso de cada criança
Nele está a paz da noite que se desnuda em dia
Nele está a beleza e singularidade da poesia...
Amo tanto o meu amor que nele descubro o mundo
Que esse amor desdobra-se em todos os seres,
Nas mulheres, nas crianças, nos homens, animais e plantas,
No orvalho que em gotas de amor orgásticas rega a folha
Na madrugada que silencia voluptuosos sorrisos
Na antiga casa de janelas fechadas, onde entra o luar
Amo tanto o meu amor que nele descubro o mundo
Que acolho a dor, o prazer e transformo em poesia,
Que toco a mão da eternidade e forneço a magia
Que as sombras desnudam-se e beijo-as sem mágoa
Amo tanto o meu amor que nele descubro o mundo
Que percebo a face de Deus em tudo
A face, que tal arte revelou – REVELAT
A essência – Tahira – de amar,
ultrapassando
Ultrapassagem, transcendental em que pouso em mim/nele
Na direção do sempre.....
..... onde a existência eterna resplandece na nossa divina alma feita de gêmeo amor.

18 de mar de 2013

Parabéns papai - sentimentos de Luã



Papai

Você me deu a vida e o mais importante, o desejo de mantê-la...
Desde minha concepção você me ensinou os valores do amor e do cuidado...
Ensinou-me também a cooperação, pois junto com mamãe, venceu vários obstáculos...
Me ensinou a perseverança, quando diante dos desafios se manteve na reta. Daí eu descobri também a retidão.
Papai, desde cedo fui apresentado a sua bondade, generosidade, paz...
O seu amor e o de mamãe é um exemplo para mim. Vou querer ser como você e buscar uma mulher como ela: um dia viverei um amor assim...
Percebo verdade em todos os seus atos e adorei escutar sua voz e da mamãe ao nascer. Descobri que aqui fora estou seguro e amparado.
Agradeço por fazer de minha escolha- ser seu filho- a mais acertada e feliz de todas. Por isso descobri o valor da gratidão.
Papai, voce será sempre o meu mestre e guia...

Parabéns, papai, pois a união da nossa família me fortalece e me faz crescer seguro e forte.

Abracinhos, cheirinhos e muito amor,

Luã

Poesia Completa - por Miliane Tahira


Quem dera ser Poeta
Para falar da Poesia Completa
que é o nosso Amor

Suave Brasa
Minha face vaza
embevecida de ardor

Corpo em deleite
Sublime feixe
Roupa da alma em louvor

Me dispo e te vejo
Meu corpo tem seu relevo
Meu sangue tem sua cor

Arte perfeita de Deus
Que no Olimpo de Zeus
Ambrosiado sabor

Amor geminado
Eternamente guardado
Missionário valor

Somos uma poesia
A mais linda melodia
O perfume da flor

Amor total e eterno
Que a folha do caderno
É pouca para compor...

Miliane Tahira

17 de mar de 2013

ORAÇÃO SAGRADA DA GRANDE MÃE DIVINA

ORAÇÃO SAGRADA DA GRANDE MÃE DIVINA Para Viver na Plenitude

por Paulo A F De Campos - paulodecampos@ig.com.br

Oração inspirada para os alunos do curso de Magia das Rosas,
e serve para abençoar a nossa Vida que é Sagrada
e a nos guiar pelas veredas da consciência e da espiritualidade,
e claro passando pelas nossas necessidades materiais.
Dotando-nos de recursos para viver com amor, harmonia, equilíbrio,
paz, saúde, sabedoria, razão, sucesso, prosperidade e tudo o mais,
que necessitamos para completar nossas vidas com êxito e abundancia infinita,
inspirando-nos a prática da generosidade e tudo o que é bom,
perante nossos amados Pais Divinos

Oração Sagrada da Grande Mãe Divina "Para Viver na Plenitude"

Mãe Divina esplendor da vida. Refletindo na Terra Sagrada sua Luz Divina.
Terra Santa de minha Mãe Divina, Terra Sagrada de Mil Elementos e Mistérios Mil.

Terra Sagrada de Muitas Águas Santas, força eterna e salutar,
Terra Sagrada, manifestadora do poder e do eterno Feminino,
Terra abençoada, por todas as forças vivas e pulsantes,

Que pulsam, emanam, vibram e magnetizam a sublime arte de viver.
Que pulsam, emanam, vibram e magnetizam a sublime arte de amar.
Que pulsam, emanam, vibram e magnetizam a sublime arte de criar.

Que embalam a nossa estadia terrena de Amor e Perfeição.
Agora neste momento de contemplação e devoção ao Sagrado e ao que é Divino.
Que esse Poder interdimensional se faculte e internalize no meu ser,
Na minha vida e nas minhas forças Espirituais, Elementais, Naturais, Divinas e Primordiais.
O meu viver terno e eterno, o meu mundo perene e infinito, se Sacramente.
E complete todos nós de Bênçãos, insuflando Vida, Amor, e renovação no nosso ser.
Transmutando a todos em razão, consciência, perfeição, bondade e compreensão.

Que a sabedoria de nossos Pais Divinos flua em nós, dentro de nós, em torno de nós.
E também flua:

Nos nossos Sete Corpos Divinos,
Nos nossos Sete Corpos Essenciais,
Nos nossos Sete Corpos Primordiais,
Nos nossos Sete Corpos Fatorais,
Nos nossos Sete Corpos Temporais,
Nos nossos Sete Corpos Naturais,
Nos nossos Sete Corpos Elementais,
Nos nossos Sete Corpos Espirituais,
Nos nossos Sete Corpos Energéticos,
Nos nossos Sete Corpos Magnéticos,
Nos nossos Sete Corpos Vibracionais,
Nos nossos Sete Corpos Sutis,
Nos nossos Sete Corpos Existenciais,
Nos nossos Sete Corpos Vivenciais,
E nos nossos Sete Corpos Fundamentais.

Norteando nosso sagrado e nosso profano,
Equilibrando-os com a força e o poder Dimensional Sétuplo Natural Elemental Puro Divino,
Emanados eternamente sobre nós, em torno de nós, dentro de nós.

Capacitando-nos da força e consciência Divina.
Capacitando-nos da Luz e Amplitude Divina.

Para sabiamente compreender, amar e amparar,
Nossos irmãos e semelhantes, e a todos os seus filhos e Criações Divinas.
Filhos estes abençoados e amparados de Pais Eternos e Divinos.

Somos eternos, e pela sua ordem Divina, a cumprir os nossos próprios desígnios,
Desígnios Divinos, que por sua vontade cumprimos na plenitude do nosso ser,
Seres perfeitos que somos, com vidas perfeitas, vivendo a plena perfeição Divina.

A partir de agora,
Eternamente assim seja,
Assim se faça,
E assim se cumpra, rapidamente e adequadamente.

Amem,
Amem,
Amem.


Texto psicografado por Paulo A. F. Campos
Espiritualista e estudioso da espiritualidade, terapeuta holístico, palestrante, escritor, mago e sacerdote.

13 de mar de 2013

Amada alma nua - poema de Miliane Tahira

Amada alma nua
Minha alma anda nua
Momento de reconhecimento de suas vestes
Minha alma anda nua
Movimento inconstante de recolher
Minha alma anda nua
Pulsante instante de ser
Minha alma anda nua
Resgate incessante ao alcance
Minha alma anda nua...
e nessa nudez reconheço algo perene
Que não são roupas, coisas
Nem adereços e pêlos
Na minha insensata e necessária nudez
Reconheço você
Miliane Tahira

8 de mar de 2013

Feliz dia da mulher



Parabéns a todas as mulheres cujas almas são tocadas pela vida. Força e luz!!